image

Descrição

É a compra de uma quantidade de opções de compra (Call) ITM (A), com a venda de uma quantidade maior de opções de compra ATM (B), para um mesmo vencimento, sendo o preço de exercício da venda superior ao da compra. Em algumas Bolsas de Derivativos a Call Ratio Spread, na proporção de 2 vendas para 1 compra (2:1), é denominada de Short Two by One Ratio Call Spread.

Quando Usar

De forma geral, quando o mercado estiver próximo de (B) e o investidor espera um comportamento de queda do mercado, e vê um potencial para efetuar a venda. A montagem dos spreads mais comuns, raramente se fazem maior do que na razão 1:3; excesso de duas vendas, porque a ponta extra de venda acelera enormemente a exposição à riscos ilimitados. A Call Ratio Spread gera um débito inicial quando for montada com a quantidade de vendas maior que a quantidade de compras, nas proporções 2:1, 3:2, 4:3; 4:2 e 5:3. Com as proporções maiores, 3:1; 4:1, etc, o valor inicial será um crédito líquido, mas em compensação aumentará em muito à exposição de riscos.

Ganho

Se a estratégia for executada para um crédito, somente haverá o PE Alto, calculado da seguinte forma: [temp:qtde de vendas x (B + prêmio vendas) – qtde de compras x (A + prêmio compras)]/(qtde de vendas – qtde de compras). Com a estratégia gerando um débito, o PE Baixo será igual ao menor preço de exercício (A) + Valor pago/qtde de vendas. O ganho será limitado se, no exercício, o mercado estiver em (B). Se a estratégia inicial for de débito, o ganho máximo será igual a [temp:Diferença entre os preços de exercícios (B-A) x qtde de compras – Valor pago]. Quando a estratégia for de crédito, o ganho máximo será igual a [temp:Diferença entre os preços de exercícios (B-A) x qtde de compras + Valor recebido].

Perda

A perda é ilimitada acima do maior PE, sendo proporcional ao número de vendas (Sells) excedentes da posição.

Prazo de exercício

Se o mercado estiver em (B), obtém-se ganhos porque a diminuição do valor da opção acelera mais rapidamente com o passar do tempo. Se o mercado permanece próximo de (A), prejudica o spread e os lucros com a decadência da ponta de venda compensam a perda com as pontas de compra. Quando aproxima o vencimento, o preço do spread se torna principalmente uma função do preço da opção de compra.


Resumo da estratégia

  • Tipo da Estratégia: Direção
  • Expectativa: Bearish (baixa)
  • Volatilidade: Baixa (low)
  • Retorno Máximo: Dif.exercícios (B-A) x #buy – Valor pago/+Valor recebido
  • Risco Máximo: Ilimitado
  • Requer Margem: Sim

Referência Bibliográfica:
Silva, Luiz Mauricio da (2008). Mercado de Opções: Conceitos e Estratégias, 3a. Edição, Rio de Janeiro.